52 Weeks

52 Weeks – 35/52

Confesso que ainda estou com resseca pós BEDA, que terminou na última quarta-feira. Tanto é que quase deixei esse post para depois e fui curtir minhas cobertas, a chuvinha que cai nessa tarde de sábado aqui em Cwb e minha catiora que tá de banho tomando e toda fofinha. Mas, né, também não queria deixar os posts do desafio acumularem de novo, aproveitando que está tudo em dia, e vim aqui, com a cara e a coragem. Enfim.

O tema de hoje é ‘minhas piores compras’ e eu tive uma certa dificuldade em pensar em quais seriam. Quer dizer, eu penso tanto, pondero tanto antes de comprar que quando o faço é por ter total certeza do que quero, então é bem difícil me arrepender. Sendo assim tomei a liberdade de trocar o tema para ‘melhores compras’, o que, convenhamos, é bem mais divertido.

MINHAS PIORES MELHORES COMPRAS

.copo de acrílico
Falei em outro post, há alguns meses, sobre minha saga em busca do melhor copo/ garrafa para levar na bolsa. Queria encontrar algo que fosse bonitinho e prático para carregar, já que eu tenho que me manter hidratada o tempo inteiro por motivos médicos (sim). Antes eu levava uma garrafinha roxa com esampa de corujinhas, que eu amava, mas por um descuido, ao colocá-la no suporte da bicicleta, encaixei do jeito de errado e, quando a retirei, a pintura saiu inteirinha visto que a garrafinha ficou muito justa no suporte e eu, na pressa, não notei. Queria morrer? Queria. Mas vida segue e lá vou eu em busca da nova garrafinha ideal. Aí no meu aniversário entrei em uma Imaginarium como quem não quer nada e elá estava, olhando pra mim, um copo do signo de Leão. TÃO bonitinho, TÃO amor. E, o melhor, com um canudo de borracha retrátil bem prático. Fiquei com medo da água vazar na bolsa, mas não tive nenhum problema, o copo é bem vedado e a minha cara.

.bloquinho 
Sou a louca da papelaria aqui de casa, então estou sempre comprando bloquinhos, cadernetas, canetas e afins. Não é surpresa pra ninguém quando eu chego em casa com um monte de tranqueirinha nova que, teoricamente, não preciso. Mas sentimentos são os únicos fatos quando o assunto é papelaria (e livros) e minha gaveta fica cada vez mais cheia. Em uma das minhas andanças pelo shopping, um dos poucos que tem uma papelaria com coisinhas fofas, descobri um tipo de bloquinho: a capa dele é cor de rosa, com a Torre Eiffel, e de um lado do bloquinho tem post its coloridos, um post it branco, e do outro lado uma canetinha acoplada e outro bloquinho de post it. Se você não entendeu nada da minha explicação, é isso aqui. Gosto dele por ser pequeno, bonitinho, super útil e não ocupar muito espaço na bolsa.

.colheres medidoras
EU SEI! Chega um momento na vida que a gente fica feliz com as coisas mais simples, e essa fui eu (sou eu) com minhas colheres medidoras. Elas ficam presas em uma espécie de chaveiro, são roxinhas (óbvio) e sempre me ajudam quando invento de fazer bolos (que é algo que adoro fazer). Antigamente eu tinha que ficar medindo nas colheres convencionais, digamos, e por vezes me confundia (pois é), mas agora com meu kit de colheres medidoras esses problemas acabaram. Poderia também falar sobre a frigideira antiaderente que é uma maravilha para fazer panquecas, ou o fuê (fouet, em francês, mas quem liga?) mas me absterei, risos.

.vestido rodado com bolsinhos
Gente, quando eu provei esse vestido foi amor pra toda a vida! Ele é cinza, de bolinhas, tem a saia rodada do jeito que gosto e bolsinhos!!11!!1 BOLSINHOS! Dá pra colocar a mão dentro dos bolsos (isso é basicamente novidade em roupas femininas), dá pra colocar o celular dentro sem que ele queira pular pra fora, é a coisa mais bela da vida. Comprei para usar em uma festa de ano novo, a virada para esse 2016 inclusive, e não poderia ter me sentido mais feliz na vida. Decretei, naquele dia, que quero todos os meus vestidos daquele jeito (sorte eu ter uma irmã designer de moda).

.kobo
Faz alguns anos, acho que quase quatro, desde que comprei meu Kobo e não poderia ter sido mais contente. Comprei o modelo mini, também para não ficar entulhando a bolsa, e ele é ótimo. Durante todos esses anos ele só travou duas vezes: a primeira, quando estava de férias no interior de Minas e estava muito quente, acho que ele não aguentou; e a segunda, depois que eu passei o dia inteiro lendo o primeiro livro da Trilogia Millennium. Hoje em dia só sinto falta da luz embutida, que aparelhos mais recentes possuem, mas de resto ele continua me servindo muito bem. Estou sempre colocando livros novos pra ler e ainda não cheguei nem na metade de sua capacidade de armazenamento, a bateria dura praticamente um mês inteiro e é fácil de manejar.

2016-08-21
Cotidiano Esquisitices

#BlogDay 2016

Calma gente, deixa eu começar esse post apropriadamente: Simplesmente não acredito, acabou o BEDA, É TETRA, É TETRA, WE ARE THE CHAMPIONS, MY FRIEND! Que loucura foram esses 31 dias interruptos de posts, meu amigo! Pensei em desistir? Pensei.…

2016-08-30
Meme

Como você era nos tempos de escola?

Pois sim, penúltimo dia de BEDA e nunquinha que eu esquentaria minha preciosa cabecinha pensando em textão, então teremos meme! Não lembro no blog de quem o vi primeiro, mas sei que Patthy respondeu e foi o post que…